Regulamento

1 – DEFINIÇÃO

Miss Cabo-Verdiana – PORTUGAL 2017 é um Concurso de Beleza que visa eleger, uma candidata que represente a beleza da Mulher Cabo-verdiana em Portugal.

Este evento integra exclusivamente as candidatas de origem Cabo-Verdiana  com residência em Portugal.

O evento acontece anualmente num local pré-determinado, pela Comissão Especializada dos Concursos de Beleza da CE-CPLP, através de uma Comissão Organizadora.

2 – OBJETIVO 

1.1 – O Concurso será organizado ao abrigo do presente Regulamento, tendo como principais objectivos: 

  • A eleição da Miss Cabo-Verdiana – Portugal 2017, 1ª Dama de Honor, 2ª Dama de Honor, Miss Simpatia e Miss Fotogenia;
  • O empoderamento da mulher Cabo-Verdiana, para uma participação mais ativa na sociedade através do fornecimento de ferramentas necessárias para o desenvolvimento pessoal das candidatas;  
  • Democratizar o acesso ao mundo da moda, combatendo as barreiras sociais e económicas, criando espaço para fomentar a igualdade de oportunidades.. 

3 – CONCURSO 

3.1 – O concurso será realizado no dia 16 de Setembro de 2017 e será constituído por Duas (2) Fases, a saber:
Fase 1 – Inscrições;
Fase 2 – Desfile / Avaliação / Classificação.

3.2 – A Fase 1: As Fichas de Inscrição das Candidatas para o Concurso de Miss Cabo-Verdiana – Portugal 2017, estarão disponíveis a partir do dia 6 de até ao dia 31 de Julho de 2017, no site oficial www.misscvpt.afryk.com

3.3 – A Fase 2: O Desfile e a Classificação do Concurso de Miss PALOP – Portugal 2017.

As Candidatas serão classificadas e eleitas por pontuação, na base dos seguintes CRITÉRIOS a saber:

  • Beleza;
  • Simpatia;
  • Desenvoltura – postura;
  • Passerele;
  • Comunicação.

3.5 – A Organização do Concurso é de responsabilidade da Comissão Especializada da CE-CPLP de Concursos e Beleza, através da sua Comissão Organizadora.

3.6 – A Eleição e a decisão da Coroação é da responsabilidade da Comissão de Júris do Concurso, nomeada pela Comissão Organizadora do Concurso.

3.7 – A Avaliação é fixada em concordância com o número de candidatas do concurso.

3.8 – O mandato das eleitas abrange o período desde o dia da coroação até ao próximo concurso.

4 – A COMISSÃO

4.1 – Caberá́ a Comissão Organizadora do Concurso zelar pelo cumprimento das normas constantes no presente regulamento e a resolução de casos omissos a este regulamento;

4.2 – Os jurados são compostos por personalidades de reconhecida competência no sector.

Fase 2 – Desfile e eleição  

5 – PRODUÇÃO 

5.1 – A Maquilhagem e Cabelos são de responsabilidade da Comissão Organizadora do Concurso;
5.2 – A equipa digital para acompanhamento do concurso, será de responsabilidade da Comissão Organizadora do Concurso;
5.3 – As candidatas desfilarão usando 4 Trajes:

  1. Traje casual;
  2. Traje de fato de banho;
  3. Traje de gala; 
  4. taje tradicional

6 – CANDIDATAS E REQUISITOS DE ELEGIBILIDADE
6.1 – Só poderão participar as Candidatas que preencherem as seguintes condições:
a) Residir em Portugal;

b) Ser de origem cabo-verdiana (nata ou filha de pais cabo-verdianos)
c) Ter, no mínimo, 18 anos de idade e, no máximo, 26 anos de idade, ambas as idades limite completadas até 31-Dez-2017;
d) Ter disponibilidade para representar a Comissão quando solicitada;
e) Não ter compromisso de exclusividade com agencias ou empresas que, de alguma forma, venham a prejudicar ou impedir o cumprimento das obrigações a que estará́ sujeita, caso seja eleita, para qualquer uma das representatividades objecto deste Concurso;
6.2 – Todas as candidatas inscritas deverão participar dos ensaios preparatórios para o Concurso, (Passarele, Aulas teóricas, Entrevistas, etc.), a critério da Comissão Organizadora do Concurso, sob pena de desclassificação;
6.3 – O ensaio Fotográfico é agendado pela Organização do Concurso e comunicado as datas e locais de realização;
6.4 – Todas as candidatas autorizam, o uso de fotos, imagens, voz e nome para toda publicidade e quaisquer fins relacionados à divulgação do evento.

7 – INSCRIÇÃO
7.1 – As interessadas em participar do concurso deverão preencher a Ficha de Inscrição, que estará à disposição no site oficial do concurso
7.2 – A candidata deverá entregar os seguintes documentos, sob pena de indeferimento da inscrição:

  1. Fotocópia do bilhete de identidade;
  2. Curriculum (C.V.).

7.3 – O material exigido para a inscrição, conforme indicado no item 7.2, não será́ devolvido à candidata, passando a fazer parte do acervo da Comissão Organizadora do Concurso.

7.4 – O prazo de inscrição é fixado pela Comissão Organizadora do Concurso.

8 – CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO
8.1 – A avaliação será efectuada pelos Júris do Concurso,  que utilizarão a escala a definir pela Comissão Organizadora, conforme os itens abaixo:

  • Beleza;
  • Simpatia;
  • Desenvoltura – postura;
  • Passerelle;
  • Comunicação.

Em caso de empate entre duas Candidatas, é o Voto do Presidente do Júri que determina a classificação.

9 – PREMIAÇÃO 

9.1– Serão premiadas a Miss Cabo-Verdiana – PORTUGAL 2017, a 1ª Dama e a 2ª Dama.

9.2– Os Prémios para as 3 premiadas, será comunicado pela Comissão Organizadora do Concurso.

10 – DEMAIS DISPOSIÇÕES 

10.1 – A partir da divulgação oficial do resultado do concurso, as eleitas comprometem- se:

  1. A comparecer as entrevistas nos meios de comunicação e ficarem à disposição da Comissão Organizadora para eventos, confraternizações e demais actividades que a representatividade impõe, portando-se, sempre, de maneira condizente com o cargo e obedecendo a todas as disposições deste Regulamento, sob pena da perda do titulo;
  2. A usar os Trajes, Calçados e Acessórios definidos pela Comissão Organizadora do Concurso, sempre que comparecerem a actos de divulgação e representação da Comissão Organizadora do Concurso;
  3. A realizar a divulgação do trabalho desenvolvido pela Comissão Organizadora do Concurso.

10.2 – Com a entrega da Ficha de Inscrição, a Candidata assinará um termo de compromisso, declarando conhecer e concordar com as condições e  Regulamento Oficial do Concurso, comprometendo-se a cumpri-lo integralmente sob pena de cancelamento da sua inscrição e se for eleita, a perda da representatividade.

10.3 – Os casos omissos ao presente Regulamento serão resolvidos pela Comissão Organizadora do Concurso.